LançamentoTsunâmica_SangreEditorial

O lançamento será sábado dia 13/04, de 9h às 12h, no anexo da Biblioteca Pública Estadual, no Circuito Cultural da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte. Na programação, café da manhã, autógrafo, poemas sonoros gravados que tornam a obra acessível também para pessoas com deficiência visual.

DançaGileCida_porBrendaMarques (38)Os bailarinos Gilberto Assis e Aparecida Ramalho farão a intervenção cênica “Rosas Vermelhas” durante o lançamento. Foto: Brenda Marques.

Segundo a autora Brenda Marques, Tsunâmica é um tanto de pulsão, experimentação poética e de celebração de um feminismo que mescla sensualidade, luta e vivência, afinal “As mulheres como muitas águas quando se juntam ficam poderosas”…
“Tsunâmica nasce um dia mulher, transfigura poética na lutam em estado líquido vira Tsunami, Deságua em um poema processo…segue intensa seu percurso…

MULHER
I
O                   

Trata-se de um livro costurado às mãos, feito artesanalmente na Argentina, pela Sangre Editorial. A proposta da coleção 32 é que escritores e escritoras se encontrem na literatura e que leitores atravessem juntos esses textos cheios de amor, política, memória e identidade.

Parceria com a Sangre Editorial para publicação de autoras

O selo Mulheres Emergentes se uniu a Sangre Editorial, para fazer um coleção de livros de escritoras brasileiras. A publicação é artesanal e foi produzida na Argentina, em uma cooperação entre autores e editoras independentes. No dia 23 de março foi o lançamento coletivo de livros de várias autoras, entre elas: Lyslei Nascimento, Vera Casa Nova, Tânia Diniz, Brenda Marques e Branca Maria de Paula, que teve parte de sua obra censurada durante o regime militar, só para citar alguns nomes.

A Sangre Editorial é uma editora mineiro-portenha focada no apoio a autores independentes do Brasil e do exterior, sendo toda sua diagramação e impressão realizada em Buenos Aires. Já reúne mais de 70 autores de cinco regiões do Brasil, em três continentes e sete países promovendo a integração latino-americana por meio da cultura literária.

Além da Coleção 32 com Mulheres Emergentes será lançado este ano também a 32 Latinoamérica, em parceria com o Instituto Imersão Latina para publicar autores de paíse da América Latina.

Os interessados podem acessar imersaolatina.com para saber como participar e também entrar em contato pelo e-mail imersao@imersaolatina.com.
Para saber mais sobre Mulheres Emergentes, acesse: mulheresemergentes.com

A AUTORA

BRENDA MAR(QUE)S PENA é uma artista multifacetada: escritora, jornalista, fotógrafa, baterista e produtora cultural. Nasceu e vive em Belo Horizonte (MG), onde trabalha na Rede Minas Cultural e Educativa atualmente como repórter e produtora do Alto-Falante, programa de música exibido em rede pela TV Brasil. Integra o Coletivo Contorno, as bandas Cáustica e Ablusadas, o grupo Corpo Língua de performance cênica e o núcleo de pesquisa em dramaturgia do Galpão Cine Horto. Atualmente pré-doutoranda, é Mestre em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, cursando disciplinas na área de Poéticas e Políticas no doutorado, do programa de pós-gradução em Linguagens do CEFET-MG. É fundadora do Instituto Imersão Latina (IMEL), que faz parte das redes Facción Latina, Ciranda Brasil e Fórum Nacional de Democratização da Comunicação. Representante do Movimento Cultural Abrace, com sede no Uruguai e membro fundadora do Círculo de Narradores y Poetas del Mercosur. Diretora da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil, em Minas Gerais – AJEB-MG. Autora dos livros: Tsunâmica (Sangre Editorial, 2019) Manos Pulsantes (O Lutador, 2017), DESnaturalizados (Editora Saramandaia, 2016), Poesia Sonora – História e Desdobramentos de uma Vanguarda Poética (Editora Tradição Planalto, 2009), Utopias Possíveis: Imersão Latina: 10 anos (O Lutador, 2015) e organizadora das antologias do coletivo Nós da Poesia, atualmente na sexta edição. Seus poemas, contos, crônicas e ensaios foram publicados em diversas antologias nacionais e internacionais. Acadêmica correspondente da Real Academia de Letras, cadeira 12: Lygia Clark (patronesse). Participa de Bienais do Livro e feiras literárias internacionais desde 2000. Apresentou performances poéticas no Brasil, Cuba, Estados Unidos, França e Argentina. E como pesquisadora no Chile, Venezuela e Dakar (África). Prêmios: Excelência Cultural ABD 70 anos – Associação Brasileira de Desenho e Artes Visuais 2014, Troféu Liberdade de Expressão Literarte 2015, Troféu Elizabeth Kinga: Melhores do Ano 2015 de Excelência em Gestão Cultural.

Serviço:
Lançamento de Tsunâmica
13/04 – 9h às 12h
Local: Anexo da Biblioteca Pública Estadual
Circuito Cultural Praça da Liberdade, em Belo Horizonte
Valor do livro: R$ 30,00