brenda

Rios Coloridos*

Por Brenda Mar(que)s Pena

O que dizer quando o imaginário se torna real na vivência de um viajante? Esta viagem começou há dez anos e com ela fui conhecendo pessoas que se tornaram amigos, irmãos e amores. O destino é a América Latina. Certamente o leitor vai perguntar: 

–  Mas qual país?

Esta jornada rompe as fronteiras geográficas e culturais. Tudo começou na ilha cubana, onde conheci um chileno muito especial. Aliás, quando o conheci tive a impressão que havia encontrado finalmente um irmão na forma de sentir o mundo. A experiência em Cuba mudou meu conceito de solidariedade, como não apenas doar algo, mas se doar com amor. Fui marcada para sempre ali pelas músicas que se tornaram uma trilha para regar a melancolia da saudade por muito tempo. Até hoje quando escuto música cubana sou invadida pela nostalgia.

Um ano depois estava de malas prontas para Caracas, Venezuela e lá conheci um poeta maldito que fez um raio x da minha alma. Entregou-me uma carta tão reveladora! Ele foi um verdadeiro oráculo para mim. Durante o Fórum Social Mundial que ali havia apresentei pela primeira vez a ideia do Imersão Latina, uma forma de imergir nas culturas e ir registrando e compartilhando uma nova história latino-americana pelo afeto com amantes das artes. Nesta ocasião, conheci um outro irmão chileno que tinha mudado para Caracas para colaborar com a revolução política e cultural que se desenhava a partir dos ideais bolivarianos, de união entre povos da América Latina, rompendo as fronteiras pelos laços culturais.

No mesmo ano fui pela primeira vez ao Chile e lá encontrei o maior amor da minha vida de viajante: os Andes. São tantos segredos que têm me revelado aquelas montanhas com toda beleza e espiritualidade! A partir daí fui me apaixonando pela cultura andina, que é onde vivem tantos povos indígenas, sua música, artesanato e instrumentos que tenho colecionado e me levam a entender melhor os ventos, ventos que me levaram para tantos outros lugares, novos amigos, histórias e amores, até o rio dos pássaros pintados…

*Conto publicado na Antologia Sem Fronteiras Pelo Mundo(Prosa)– Editora Sem Fronteiras/2016 que será lançado no dia 29 de agosto na Bienal do Livro de São Paulo

Anúncios