eduardogaleano_homenagem

No mesmo dia em que enterrei o meu tio Damião, tive de despedir de um dos autores latino-americanos que mais admiro: Eduardo Galeano. Para rememorar, publicarei neste blog algumas frases e escritos dele. E vou reler As Veias Abertas da América Latina, edição que comprei quando fui ao Uruguai, para o Encontro aBrace em 2008, quase a caminho de mais uma edição do encontro de escritores, desta vez na Argentina, em maio. Queria ter conhecido o escritor pessoalmente….Enfim, é mais um que vai para o panteão literário.

Anúncios