Por Clevane Pessoa*
publicado em http://hana-haruko.blogspot.com/

Convite do Lançamento do CD Tropofonia

Hoje é o lançamento do CD TROPOFONIA. Pedi à Presidente do IMEl, Brenda Marques pena, que comentasse um pouco sobre a parceria entre o Instiututo Imersão Latina, de Belo Horizonte, e o TROPOFONIA. Esse ficou bastante difundido e connhecido em Belo Horizonte, pela ação do performer e poeta argentino Sebastiãn Moreno e Laia, uma espanhola radicada na Argentina, sua companheira de sonhos e de vida, como ele, performer e divulgadora, a fazer o entrelace entre países latino-americanos. Conquistaram amigos e admiração por seu trabalho e empatia com a mineiridade. Na rádio da UFMG, os argentinos entrevistaram poetas de diversas vertentes poéticas, ladeados por Wilmar Silva, poeta e editor (anomelivros) conhecido pelas Terças Poéticas , no Palácio das Artes, entre várias outras atividades do gênero.

Brenda e eu temos um interesse muito pessoal e também outros mais amplos nessa divulgação latina pelo IMEL. Ambas também representamos o Movimento Cultural aBrace (Uruguai /Brasil, com rede para todos os países da latinoamérica),que sob a égide “Solidariedade entre criadores” , é coordenado pela brasileira Nina Reis ( mineira de Teófilo Otoni, que morava em Brasília e agora voltou a trabalhar em Montevidéu) e o poeta uruguaio Roberto Bianchi, ambos determinados ao próximo encontro no Uruguai em outubro (Juegos Florales). Ambas escrevemos na revista internacional do aBrace .

Além do blogspot do Imersão Latina, temos ainda, de mesmo nome, um espaço virtual na Rede NING. Por outro lado, recentemente indiquei o nome de Brenda Mars para a Academia pre-andina de Cultura, Artes Y Heráldica, a qual tenho a honra de pertencer, ao Presidente da FALASP, que também preside a APAACH. Graças às suas ações e empreendedorismo cultural entre eles pelo projeto Criança não é Brinquedo, o acadêmico da mesma, poeta mineiro Jaak Bosmans, indicou-a para o prêmio de Destaque do Ano com recebimento da Palma de Ouro, em solenidade que acontece anualmente em Taubaté, organizada pelo representante da FALASP, colunista Raimundo Nonato Pereira da Silva, no mês de junho deste ano. Ela já é acadêmica correspondente da Real Academina de Letras, cadeira 12, patronesse Lygia Clark.

 Brenda respondeu-me e publicamos, para conhecimento do leitor deste blog e de outros espaços onde escrevemos (além , claro ,de Orkut, Facebook, Twiter e Google Buzz). Leiam, portanto, suas palavras abaixo. Antes, saudamos e parabenizamos o movimento cultural TROPOFONIA : todas as pessoas necessitam de valorização, incentivo , divulgação e conhecimento.Principalmente os Poetas, que antes da fama, trafegam penoso num limbo, cheios de expectativas e esperanças mesmo diante de momentos perplexos e  de desesperança.Não apenas os que já lograram ser conhecidos e aclamados.

*Clevane Pessoa é Vice-Presidente do IMEL, Acadêmica da Academia Pré-andina de Artes, Cultura Y Heráldica (Itapira/FALASP-S.Paulo) . Representante do Movimento Cultural aBrace em belo Horioznte., Conselheira da Rede Catitu de Cultura. Membro da IWA desde 2008 .

DEPOIMENTO DE BRENDA MAR(QUE)S SOBRE PARCERIAS CULTURAIS

Brenda Mars na Tarde Poética, rádio Inconfidência AM 880

“O IMEL e tropofonia são parceiros. A parceria começou quando conheci Sebastián e Laia en 2008 no Congresso de Poetas do Brasil em Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul. Em 2009 eles vieram a BH. Auxiliei no processo de vinda do Tropofonia para a rádio UFMG e participei algumas vezes do programa ao vivo. Como não tenho disponibilidade nos horários de gravação que são pela manhã, não pude as apresentações em si junto com Francesco Napoli, Wilmar Silva e Cristina Borges, mas sempre estou acompanhando e auxiliando na divulgação.

Em 2010 inscrevemos o Tropofonia pelo IMEL para o Prêmio Roquette Pinto e ganhamos. O valor total repassado foi de R$ 18.000 utilizados na produção, edição de 6 ptogramas especiais, que estão disponíveis para dowload no site da Arpub – www.arpub.org.br e para a realização do Encontro Tropofonia em Cochabamba, Bolívia que foi coordenado pelo núcleo de lá. Você vê informações em http://www.tropofonia.com. ar. Os núcleos são independentes, assim como os programas e realizadas algumas ações em conjunto. Apoiamos a iniciativa por incentivar o experimentalismo nas artes e por ser uma iniciativa de ativistas culturais da América Latina.

Brenda Mars, performance Corpo-Língua V mostra Disseminação - dezembro de 2010

O IMEL tem como princípio a auto-gestão. Fico pensando como podemos continuar como ativistas culturais, atuando de forma autogestionada, mas aprendendo a compartilhar mais as informações para conhecermos o processo uns dos outros.

De toda forma, procuramos sempre tornar públicas as nossas ações, coordenadas por membros do IMEL e colaboradores de forma mais independente no site http://www.imersaolatina.com e rede www.imersaolatina.ning.com.  

Também criei outros blogs que são como braços para divulgação de projetos específicos www.experimentacaoitinerante.blogspot.com www.musicadefronteira.blogspot.com.  Inscrevemos o Música de Fronteira no Fundo Municipal, mas infelizmente não conseguimos aprovação e precisaremos continuar buscando outras formas de financiamento. De toda forma mantemos o Grupo Corpo-Língua, de pesquisa e performance cênica, com um encontro semanal.  Hoje o grupo é formado por mim (Brenda Mars), Dani e Silvana Lopes, Luiz Lagares e Fernanda Figueiredo. http://www.facebook.com/people/Corpo-Língua/100002344244483

Enviamos o projeto experimentação itinerante para o Fundo Estadual. O resultado só sai em junho. Vamos aguardar. (…no IMEL ) temos uma pessoa ótima: a Elaine que está colaborando como voluntária, por enquanto, auxiliando na organização do dossiê, portifólio do IMEL e Verlaine Prado, na organização administrativa  (…)

Brenda Marques Pena (Brenda Mars)
Presidente do Instituto Imersão Latina (IMEL)
http://imersaolatina.com
(31) 8811-9469 (31) 32276869

Anúncios